Publicidade

Ginkgo compra concorrente da synbio Zymergen

Ginkgo compra concorrente da synbio Zymergen

Publicidade

A empresa de biologia sintética Ginkgo Bioworks está adquirindo seu concorrente Zymergen em um acordo no valor de cerca de US$ 300 milhões.

Tanto a Zymergen quanto a Ginkgo projetam micróbios para atuar como pequenas fábricas de produtos químicos, mas buscam modelos de negócios diferentes. A Ginkgo trabalha com os clientes para projetar um micróbio, e os clientes são responsáveis ​​por comercializar e vender o produto que o micróbio fabrica. A Zymergen esperava desenvolver e vender seus próprios produtos.

A Zymergen tinha uma capitalização de mercado de mais de US$ 4 bilhões em junho de 2021, mas a confiança dos investidores e a avaliação da Zymergen caíram acentuadamente no verão passado, quando a empresa anunciou problemas na comercialização de seu primeiro produto, um filme de polímero usado em displays eletrônicos. O passo em falso forçou a empresa a cortar pessoal e outras despesas.

A Ginkgo afirmou que quer a equipe, software, ativos biológicos, ferramentas de ciência de dados da Zymergen e especialmente seus sistemas automatizados de laboratório. A empresa espera vender ou desmembrar os negócios de medicamentos e materiais da Zymergen, sinalizando o fim da abordagem focada em produtos da empresa com sede na Califórnia.

“Eles escolheram um modelo de negócios muito diferente na Zymergen”, declarou o CEO da Ginkgo, Jason Kelly, em uma teleconferência. “Mas eles desenvolveram tecnologias escaláveis ​​e flexíveis. Acreditamos que isso agregará um enorme valor aos nossos clientes.”

Xiao Zhong, analista da empresa de consultoria Mach49, disse que a aquisição mudará o mecanismo de engenharia de micróbios da Zymergen – a parte mais valiosa da empresa – para o modelo de negócios de baixo risco da Ginkgo. Foram principalmente erros de marketing que prejudicaram a avaliação da Zymergen, tornando o preço de US$ 300 milhões de sua tecnologia subjacente uma pechincha.

Segundo Zhong, grandes empresas químicas com canais de marketing estabelecidos perderam uma oportunidade ao não adquirirem a Zymergen. Para uma dessas empresas, a transação teria criado um novo tipo de negócio, capaz de projetar micróbios produtores de produtos químicos e vender os produtos resultantes aos clientes, cumprindo a visão original da Zymergen. Zhong suspeita que essas empresas pensaram que a aquisição seria muito arriscada.

“A indústria química, ou indústrias adjacentes que estão realmente usando biologia sintética, tendem a ser muito conservadoras.”

Zhong afirmou que as empresas químicas podem estar mais interessadas em adquirir empresas de biologia sintética à medida que a indústria amadurece e prova que pode ser bem-sucedida. Ele está otimista de que outra empresa como a Zymergen possa surgir, capaz de projetar seus próprios micróbios e comercializar os produtos.

Fonte: C&EN

Notícias do setor químico você encontra aqui no portal da indústria brasileira, Indústria S.A.

CATEGORIAS
TAGS