Publicidade

Encina construirá instalação avançada de reciclagem de plástico de US$ 1,1 bilhão, na Pensilvânia

Encina construirá instalação avançada de reciclagem de plástico de US$ 1,1 bilhão, na Pensilvânia

Publicidade

A Encina anunciou planos de investir US$ 1,1 bilhão para construir uma nova fábrica em Point Township, Pensilvânia, a qual criará 300 novos empregos em tempo integral. Esta instalação de última geração proposta, chamada The Point Township Circular Manufacturing Facility, será a primeira na região a usar tecnologias avançadas para converter materiais pós-consumo em matéria-prima, que pode ser usada para fabricar milhares de novos produtos.

“Cada vez mais, os clientes estão exigindo práticas sustentáveis ​​em toda a cadeia de suprimentos e ciclo de vida do produto. As matérias-primas que fabricamos reduzem o desperdício, compensam a necessidade de produzir materiais virgens e ajudam os fabricantes a atingir metas neutras em carbono, à medida que fazemos a transição para uma economia circular. O acesso da Pensilvânia a mercados e mão de obra qualificada apresenta uma oportunidade ideal para investimento e estamos comprometidos em ser um parceiro engajado conforme construímos relacionamentos duradouros e mutuamente benéficos com a comunidade e empresas locais”, declarou David Roesser, CEO da Encina.

Anualmente, o Point Township Circular Manufacturing Facility processará 450.000 toneladas de materiais pós-consumo, desviando a grande maioria dos aterros sanitários e longe dos incineradores. Essa instalação reduzirá a necessidade de produzir novo plástico a partir de recursos de petróleo e gás, fornecendo soluções circulares para clientes comprometidos em reduzir seu impacto no meio ambiente para construir uma economia circular.

“Estou satisfeito com o compromisso da Encina com a Pensilvânia neste investimento”, disse o governador Tom Wolf. “Eles não apenas criarão novos empregos bem remunerados, mas também estão comprometidos em fazê-lo com uma abordagem inovadora que diminuirá seu impacto no clima e sustentará um futuro melhor para todos nós.”

De acordo com uma análise da Associação de Fabricantes da Pensilvânia, a construção e operação desta instalação estão projetadas para injetar mais de US$ 2,1 bilhões nas economias local e estadual nos próximos cinco anos. A construção deverá durar 24 meses e empregar 750 trabalhadores locais. Uma vez totalmente operacional, o Point Township Circular Manufacturing Facility terá 300 funcionários em tempo integral. A Encina está comprometida em contratar e utilizar empresas locais sempre que possível neste projeto. A construção está prevista para começar no outono de 2022, e a instalação deverá estar totalmente operacional no outono de 2024.

“As instalações de fabricação avançada da Encina são exatamente o tipo de investimento que trabalhamos para atrair. O condado de Northumberland está no centro do renascimento da manufatura da Pensilvânia, com novas tecnologias e várias oportunidades educacionais para certificações relevantes e diplomas avançados para treinar nossa força de trabalho local nesses empregos de última geração. Eles serão um excelente parceiro regional e estamos ansiosos pelos benefícios que esta instalação trará para o meio ambiente, comunidades locais e economia regional”, declarou Jennifer Wakeman, diretora executiva da DRIVE Economic Development Pennsylvania.

Antes da construção e das operações planejadas, a Encina está trabalhando com as agências relevantes no licenciamento e no trabalho de viabilidade relacionado ao local.

“Estamos empolgados em receber a Encina e esta instalação de US$ 1 bilhão no condado de Northumberland. Esta região tem uma longa história como uma forte base de fabricação para a Pensilvânia, e esse investimento inaugura o futuro das tecnologias de fabricação avançada”, disse o comissário do condado de Northumberland, Samuel Schiccatano.

Fonte: Indian Chemical News

Notícias do setor sustentabilidade você encontra aqui no portal da indústria brasileira Indústria S.A.
CATEGORIAS
TAGS